Divisórias de Ambientes feitas com Cobogós

Cobogós são elementos vazados fabricados nos mais diferentes materiais: concreto, argila, vidro, madeira, cerâmica esmaltada, etc. A invenção 100% brasileira funciona como tijolos. Eles podem ser unidos para construir paredes, muros e divisórias que deixam passar ventilação e luminosidade.

parede cobogós

Quando unidos, os cobogós criam lindas estampas e padrões, que remetem a flores, rendas, palhinha ou elementos geométricos abstratos. Decorativos por si, os cobogós em concreto ainda agregam uma vibe industrial e brutalista. Enquanto os cobogós de louça remetem ao estilo retrô e enchem a decoração de personalidade.

tijolo cobogó

Em um estilo de viver em que integração e conceito aberto são palavras de ordem, os cobogós são perfeitos para criar divisórias de ambiente. Eles delimitam os espaços mas não impedem a unidade visual.

cobogó cerâmico esmaltado

Sabendo escolher bem, o cobogó só apresenta vantagens para a decoração da casa. Além de serem fáceis de encontrar e de instalar, também tem um preço super camarada.

Tipos de Cobogós

Os elementos em argila custam menos de um real, enquanto que os cobogós de cimento variam entre R$5,00 e R$ 40,00. Os cobogós de louça são os de preço mais salgado: enquanto é possível encontrar peças por R$ 20,00, o valor da unidade pode chegar a quase R$ 100,00.

parede de cobogó

 

decoração com cobogó

Cobogós em argila/concreto também podem ser pintados , o que ajuda a integrá-los à decoração da casa.

parede de cobogó

Já os cobogós esmaltados ou em louça são vendidos em cores pré determinadas. A boa notícia é que é possível encontra-los em várias cores: desde o branco, preto e cinza até tons de verde, azul, fendi, laranja, vermelho, etc.

cobogó portobello

Se for aplicar em áreas molhadas (um uso muito bem-vindo é entre a cozinha e a lavanderia, ou para separar a área do box do restante do banheiro) as melhores opções são em concreto ou cerâmica esmaltada.

divisória de ambientes de cobogó

 

Instalação dos Cobogós

Primeiramente, é importante calcular com atenção a quantidade de peças necessárias para construção da parede ou divisória: Sempre compute uma perda de cerca de 10%. Além disso, planeje com atenção como será feito o acabamento das extremidades, lembrando que não é possível cortar o cobogó. Em casos em que haja muita diferença, vale a pena pensar em uma moldura de marcenaria ou alvenaria.

cobogó esmaltado

 

A paginação também é fundamental! Um mesmo modelo pode ser posicionado de maneiras diferentes. Assim, você pode criar uma parede de cobogós simétrica, posicionando todas as peças no mesmo sentido, ou com movimento, mudando a posição de algumas peças.

Teste várias composições no chão e defina a que mais te agrada. Uma vez decidido, fotografe e oriente muito bem o instalador para que a divisória fique do jeitinho planejado!

cobogó de concreto

 

Finalmente: sempre procure um bom profissional para realizar o serviço. Isso é fundamental para que o acabamento das laterais fique impecável e as peças fiquem corretamente alinhadas.

divisória de ambientes de cobogó

 

Quer mais idéias para criar divisórias de ambientes para a sua casa? Leia também: Divisórias de Ambientes: Faça Você Mesmo.

Facebooktwittergoogle_pluspinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *